O Lado Obscuro dos Mini Sites: As Verdades Que Você Ainda Não Sabe

Desde quando criei o meu treinamento Formula dos Mini Sites ( e que não está mais a venda ) o mercado de mini sites no Brasil cresceu muito e hoje podemos ver diversos cursos e centenas de cases de afiliados profissionais que estão conseguindo excelentes resultados trabalhando com eles e isso é ótimo.

Apesar do mercado de mini sites ter crescido absurdamente nos últimos 2 anos eu acredito que a grande maioria focou demais em infoprodutos e deixou de explorar novas oportunidades, deixou de aproveitar outras maneiras de monetização e com isso acaba saturando demais o mesmo produto com centenas de mini sites no Google.

O que você vai aprender nesse artigo é um pouco polêmico e provavelmente vai contra muita coisa que você viu em cursos sobre esse assunto e até sobre tudo o que já viu no Brasil e por isso quero que você opine no fim dele, deixe sua opinião e claro, compartilhe com seus amigos afiliados o que irei revelar e ajude eles a terem mais resultados.

Verdade #1 – Mini Sites Saturam

Embora muitas pessoas tendem a querer falar que é impossível saturar um nicho de mercado a grande verdade é que ele pode ser saturado e com mini sites é a mesma coisa. No caso de mini sites o problema em saturar é que se existe muitos afiliados criando para o mesmo produto as chances de você ganhar a primeira página do Google fica cada vez mais difícil.

Uma das coisas que recomendo é que você não foque em criar minisites  apenas com o  nome do produto, tente fazer pelas beiradas, se você deseja criar um mini site sobre algum produto de detox poderá criar para alguma das receitas de detox e não para o nome do produto em si.

Um exemplo mais prático disso é o seguinte, suponhamos que você divulgue o Plano Detox, se você tem acesso ao ebook pode notar que existe 101 receitas de detox ou seja, 101 palavras chaves que você poderia trabalhar ao invés de focar apenas no nome do Plano Detox e se você fizer isso poderá nadar em um oceano azul ou seja, sem concorrência nenhuma e lucrar muito mais.

Verdade #2 – Não Viva Apenas de Infoproduto

Uma outra verdade em relação a Mini Sites é que muito se fala em relação a criar eles para divulgar infoprodutos quando na verdade você pode criar mini sites focado em milhares de outras coisas, desde produtos físicos até ofertas CPA.

LEIA:   Udemy: Estratégias de Tráfego e Conversão

Se você for criar por exemplo de produto físicos, como eletrodomésticos irá ter pelo menos alguns milhares de modelos de cada item para criar e consequentemente lucrar com afiliação e-commerce mas se preferir investir em CPA poderá encontrar milhares de ofertas com ganhos por CPL, CPM, CPD entre outras que pode encontrar na WebAfiliados.

Independente da maneira que escolher para monetizar o seu mini site, um conselho é simples, não dependa apenas de uma maneira de ganhos, a internet é muito maior que isso e existe um oceano azul de oportunidades para você explorar.

Verdade #3 – Você nunca saberá tudo

Aprenda a partir de agora que você jamais saberá tudo sobre mini sites, na verdade eu também não sei tudo e por isso busco estudar diariamente sobre eles, novos formatos, novos modelos de monetização, novas fontes de tráfego e por ai vai.

Uma coisa interessante sobre mini sites por exemplo é que eu tenho alguns que não estão ranqueados no Google, porém estão no Bing e por lá consigo gerar um grande volume de vendas mensalmente.

Eu recomendo que você leia blogs americanos, compre cursos americanos, invista em aprender lá fora e notará que seus resultados serão melhores e ainda poderá descobrir muitas coisas que ainda não sabe. O exemplo acima é apenas um dos cases que tenho em que eu deixei de me preocupar apenas com o Google e foquei no Bing e tive resultados.

Verdade #4 – Você não precisa viver apenas do Google

A partir do momento que criar o seu primeiro mini site comece a se preocupar em investir em outras fontes de tráfego além do Google. Você não precisa depender apenas do buscador para gerar resultados.

Existe muita gente tendo resultados atraindo tráfego viral para os seus mini sites, outros apenas com o Bing, outros focando no Youtube e assim por diante. O Google é de longe a melhor fonte de tráfego que existe porém não deve ser a única que você deve se preocupar, busque sempre alternativas para os seus mini sites e consequentemente irá conseguir melhores resultados.

Uma Aula Especial…

Para te mostrar um modelo de mini site diferente, resolvi compartilhar um vídeo onde revelo uma técnica simples para lucrar com mini sites focados em lista.

LEIA:   Conseguir Mais Tráfego – O Guia Final sobre Tráfego

Quer um Conselho?

Invista em mini sites em outros nichos, novos modelos de negócios e também não se preocupe apenas em lucrar a curto prazo, alguns modelos de mini sites podem garantir múltiplos dígitos mensais a longo prazo se você ter calma e buscar trabalhar corretamente.

Criar Mini Sites é algo extremamente lucrativo e sempre será porém não se prenda a manada e invista onde ninguém quer investir, garanto que os resultados que irá ter farão a sua vida muito mais feliz.

E se quiser aprender ainda mais, acesse nosso conteúdo premium sobre 8 modelos de Mini Sites

 

8 Modelos de Mini SitesConteúdo Premium

11 Comentários


  1. O link para o conteúdo premium indicado no final deste artigo, não está funcionando.

    Responder

  2. Muito bom o artigo Jackson. De dezembro pra cá muitos afiliados começaram a olhar para essa oportunidade com outros olhos.

    Se for entrar nesse Mercado de trabalho com intuito de ganhar dinheiro rápido, pode esquecer.

    Come diz um amigo meu: “SEO é um prato que se come Frio.”

    Responder

    1. Obrigado pelo comentário.

      Realmente SEO é algo a médio e longo prazo a curto prazo apenas dá resultados se já tiver um bom conhecimento em SEO e saber exatamente o que precisa ser feito para alcançar o Google em poucos dias mas caso contrário é preciso esperar um bom tempo para ter bons resultados. Aprender o que realmente funciona é fundamental para o sucesso.

      Responder

  3. Boas dicas, mas em relação ao tópico 1, acho que acaba “saturando” pelo fato de que as pessoas buscam mais por certas palavras, geralmente aquelas mais concorridas, e será que usando outras o tráfego não seria bem menor?

    PS. O vídeo está com um som não muito bom, não consegui assisti tudo por isso! ; )

    Responder

    1. O fato de estar saturando é que fica uma briga gigante de afiliados sempre pelas mesmas palavras chaves e como consequência a concorrência fica absurdamente alta e não vale a pena ficar brigando por migalhas.

      Em relação a tráfego é importante diversificar, nunca depender apenas de um lugar e sim de vários, recomendo fortemente que sempre diversifique, estude sobre novas fontes de tráfego e saiba onde deve investir

      Responder

  4. Jackson, a questão de buscar conteúdo internacional é excelente pois é na fonte que está o “segredo.” mas como estudar cursos/video-aulas em outro idioma? Poderia nos dar alguns exemplos de onde comprá-los e como estudá-los? Valeu brother! Abraço e no aguardo.

    Responder

    1. Olá,

      Você pode pesquisar por marketing affiliate no Google e irá encontrar diversos blogs americanos sobre o assunto, poderá também comprar cursos na udemy e se quiser alguns bons blogs para acompanhar recomendo o Income Diary, Smart Passive Income e NicheHacks

      Responder

      1. Valeu man, vou verificar todas essas informações que vc passou com mentalidade empreendedora, e vamo que vamo. 2017 só tá começando.

        Responder

  5. Ótimas dicas Jackson,realmente tem muitos afiliados focados em criar mínis sites,mas para se aperfeiçoar bem,tem que buscar conhecimento lá fora.

    Um Abraço.

    Responder

    1. Isso mesmo, se você quer aprender mais, fazer coisas diferentes será preciso aprender lá fora e utilizar técnicas diferentes das que são ensinadas no Brasil.

      Grande abraço

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *